Publicidade

Notícias de saúde

Estudo liga hormônios sexuais ao maior risco cardíaco entre os homens

03 de setembro de 2008 (Bibliomed). As razões para os homens serem mais propensos à doença cardíaca do que as mulheres da mesma idade podem ser os hormônios sexuais, segundo estudo da Universidade de Leicester, no Reino Unido.

“Nós hipotetizamos que a concentração de hormônios sexuais circulantes era associada a fatores de risco para doença cardiovascular em homens muito tempo antes de qualquer manifestação aparente de doença cardiovascular, como derrame e infarto do miocárdio”, disse o pesquisador Maciej Tomaszewski.

No estudo, os especialistas avaliaram, entre quase mil homens com idade média de 19 anos, as formas pelas quais os hormônios sexuais – estradiol, estrona, testosterona e androstenediona – interagem com três fatores de risco para doenças cardíacas – colesterol, pressão arterial e peso.

E os resultados indicaram que dois dos hormônios – estradiol e estrone, juntos chamados de estrogênios – estavam associados a maiores níveis de colesterol “ruim” (LDL) e menores níveis de “bom” colesterol (HDL). Com isso, os autores concluíram que alguns hormônios sexuais podem ser importantes fatores de risco de doença cardíaca em homens, mesmo antes de aparecerem os sintomas de doença da artéria coronária ou derrame.

Fonte: Atherosclerosis. 17 de junho de 2008.

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: