Publicidade

Notícias de saúde

Refeições em família ajudam a manter meninas longe das drogas, diz estudo

28 de julho de 2008 (Bibliomed). Fazer as refeições em família pode reduzir o risco das meninas se envolverem com álcool ou drogas, segundo estudo da Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos. De acordo com os autores, em famílias que têm pelo menos cinco refeições por semana juntos, as meninas são menos propensas a consumir bebidas alcoólicas e a fumar cigarro comum e maconha até cinco anos mais tarde.

A pesquisa avaliou 806 jovens do estado de Minnesota quanto à freqüência das refeições em família e ao uso de drogas, primeiramente no período entre 1998 e 1999, quando tinham 13 anos de idade; e acompanhou os jovens por cinco anos.

Com 18 anos de idade, as garotas que tinham cinco ou mais refeições em família por semana tinham menos probabilidade de se envolver com drogas, incluindo bebidas e cigarro. E o mesmo efeito não foi observado entre os rapazes.

"Uma das descobertas chave que nós tivemos é para as garotas", disseram os autores. "Nós descobrimos que garotas com refeições regulares em família têm metade da probabilidade de iniciar o uso de cigarros, álcool e maconha em um período de cinco anos".

Além disso, análises anteriores nos mesmos voluntários indicaram uma associação entre refeições familiares e menor risco de problemas alimentares, principalmente entre as meninas. Outra pesquisa dos mesmos especialistas estabelece essa associação com um menor risco de problemas como violência e abuso de drogas, e de problemas escolares em meninos e meninas.

Enquanto os autores não sabem explicar porque essas refeições em família não mantêm os rapazes longes do álcool e das drogas, eles recomendam que os pais utilizem outras estratégias para os meninos, como conversas breves sobre os riscos do abuso de drogas.

Fonte: HealthDay. 23 de julho de 2008.

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: