Publicidade

Notícias de saúde

Mulheres com fatores de risco para diabetes têm maior risco de câncer de mama avançado

09 de julho de 2008 (Bibliomed). Mulheres que apresentam fatores de risco associados ao diabetes tipo 2, como sobrepeso e sinais de resistência à insulina, têm também mais chances de serem diagnosticadas com câncer de mama avançado, segundo pesquisa apresentada, nesta semana, na conferência Population Health 2008.

Realizado por uma equipe internacional de pesquisadores, o estudo avaliou 60 mil suecas no período entre os anos de 1985 e 2005. E indicou que mulheres que estão acima do peso e apresentam sinais como níveis elevados de glicose ou insulina no sangue têm 50% maior probabilidade de terem câncer de mama avançado.

Um estudo realizado na Universidade de Melbourne, na Austrália, já havia mostrado o impacto do sobrepeso sobre o risco de câncer de mama em mulheres na pós-menopausa. Mas esse é o primeiro trabalho a associar a resistência à insulina ao estágio do câncer no diagnóstico.

Segundo a pesquisadora Anne Cust, que participou de ambos os estudos, "mulheres com resistência à insulina e que estão com sobrepeso são menos propensas a serem diagnosticadas com câncer de mama em estágio 1, mas estão sob maior risco de serem diagnosticadas com tumores do estágio 2 a 4 – cânceres maiores e mais avançados".

A especialista destaca que esses resultados são ainda mais significativos porque vêm num momento de preocupação pública com a obesidade e o diabetes. "Nós sabemos que estar acima do peso e ter resistência à insulina são fatores de risco para ter câncer, mas, no caso do câncer de mama, nosso estudo indica que o câncer será mais avançado", concluiu.

Fonte: EurekAlert. Public release – 07 de julho de 2008.

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: