Publicidade

Notícias de saúde

Reduzir o colesterol pode diminuir o risco de câncer de próstata?

28 de maio de 2008 (Bibliomed). Homens que mantêm o colesterol baixo podem ajudar a reduzir seus níveis de antígeno específico da próstata, proteína ligada ao câncer de próstata, segundo estudo apresentado, neste mês, no encontro anual da Associação Americana de Urologia. A descoberta sugere que a redução do colesterol poderia ajudar a reduzir o risco de desenvolver câncer de próstata.

Avaliando dados de 1214 homens que estavam sendo tratados com estatinas para a redução do colesterol, os pesquisadores descobriram que os níveis do antígeno da próstata eram menores após o início do tratamento com as estatinas, e que a queda nos níveis do antígeno era proporcional à redução do colesterol.

Os autores explicam que isso acontece porque "o câncer de próstata é controlado pelo hormônio masculino testosterona. E a principal molécula que forma a testosterona é o colesterol".

Apesar dos resultados fortalecerem as evidências de que o colesterol cumpre um papel importante no câncer de próstata, o estudo "não confirma nada", e ainda não está claro se a redução do antígeno específico através das estatinas pode prevenir o câncer de próstata. "Isso poderia apenas trazer a leitura do teste para baixo sem reduzir o risco de câncer de próstata", alertam os autores.

Outro estudo apresentado no mesmo encontro também traz evidências de que baixos níveis do antígeno podem indicar menores riscos de câncer de próstata. Os resultados dessa outra pesquisa sugerem que homens com idades entre 75 e 80 anos que apresentam baixos níveis do antígeno – menos de três nanogramas por milímetro de sangue – podem parar de fazer triagens regulares para câncer de próstata, pois têm pouca probabilidade de morrer por causa da doença.

Fonte: HealthDay. 22 de maio de 2008.

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: