Publicidade

Notícias de saúde

Óleo de fígado de bacalhau reduz necessidade de medicamentos contra artrite, diz estudo

06 de maio de 2008 (Bibliomed). O óleo de fígado de bacalhau pode reduzir, em 30%, a quantidade de drogas antiinflamatórias tomadas por pacientes com artrite reumatóide, oferecendo alívio para as articulações afetadas sem efeitos colaterais. Essa é a conclusão de um estudo realizado pelas universidades de Dundee e Edinburgh, na Escócia.

Drogas antiinflamatórias, como o ibuprofeno e a aspirina, são comumente prescritas para reduzir as dores causadas pela doença inflamatória que afeta cerca de 1 milhão de brasileiros. Porém, há uma crescente preocupação com os efeitos adversos, como sangramento estomacal, pressão alta e maior risco de ataques cardíacos, causados pelo uso em longo prazo dos antiinflamatórios.

No estudo, pessoas com a doença foram divididas em dois grupos: um tomava 10 gramas por dia de óleo de fígado de bacalhau, enquanto o outro grupo tomava uma pílula falsa diariamente.

Os resultados indicaram que aproximadamente 40% daqueles que foram tratados com o óleo do peixe foram capazes de reduzir em mais de 30% o uso dos medicamentos antiinflamatórios. E o mais importante é que essa diminuição no uso dos medicamentos não significou piora na dor ou na atividade da doença.

De acordo com os autores, apesar de mais estudos serem necessários, a explicação para o benefício estaria no ômega-3, presente no óleo, que teria propriedades antiinflamatórias.

"Esse estudo oferece esperança para muitos pacientes com artrite reumatóide, para quem os suplementos de óleo de fígado de bacalhau podem oferecer um tratamento natural de controle da dor sem os terríveis efeitos adversos associados às drogas antiinflamatórias" (em tradução livre), explicou o professor Jill Belch, líder do estudo.

Fonte: The Star Online – 5 de maio de 2008.

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: