Publicidade

Notícias de saúde

Papel da cultura na ansiedade de adolescentes

21 de fevereiro de 2008 (Bibliomed). A adolescência é conhecida como uma fase de grandes conflitos, uma transição entre "ser criança" e "ser adulto". Muito embora os problemas vivenciados pelos adolescentes sejam observados em todos os lugares, alguns estudos sugerem que possam existir diferenças quanto ao grau de ansiedade dependendo da cultura de cada país. Contudo, as conclusões ainda não são consistentes.

Curiosos sobre esse assunto, pesquisadores americanos da Universidade do Estado da Flórida, nos Estados Unidos, realizaram uma pesquisa para descobrir qual é realmente a influência da cultura no desenvolvimento da ansiedade na adolescência. A revista Journal of Adolescence publicou os resultados encontrados.

A cultura oriental sempre foi considerada como rigorosa. As exigências quanto a comportamentos e metas são mencionadas em vários artigos e notícias já publicadas. Já entre os americanos, a competitividade é mais exacerbada. Frente a isso, os investigadores compararam adolescentes orientais (da China e de Cingapura) e americanos, de ambos os sexos, com idade entre 12 e 17 anos, buscando identificar as similaridades e as diferenças.

Apesar da discrepância entre os costumes e, contrariamente ao que se esperava, os resultados encontrados pelos pesquisadores não demonstraram diferenças quanto ao grau de ansiedade se apenas a cultura era avaliada. Entretanto, o sexo foi um fator de grande influência para o desenvolvimento da ansiedade na adolescência, sendo as adolescentes as mais afetadas.

Fonte: Journal of adolescence; PMID: 18063024 [PubMed - as supplied by publisher] (December 2007)

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: