Publicidade

Notícias de saúde

Alimentos podem ser os responsáveis pela hiperatividade infantil

04 de janeiro de 2008 (Bibliomed). O déficit de atenção e a hiperatividade são problemas caracterizados basicamente pela presença de três sintomas: falta de atenção, hiperatividade e impulsividade. A criança afetada possui dificuldades em se concentrar numa determinada tarefa ou atividade, fato que culmina em prejuízos nas relações sócio-familiares, dificuldades escolares e piora importante da qualidade de vida.

Investigadores ingleses, da University of Southampton, publicaram uma pesquisa na revista The Lancet, em Novembro de 2007, na qual avaliaram a influência do consumo de alimentos artificialmente coloridos e contendo aditivos, sobre o comportamento infantil. Participaram do estudo 153 crianças, com idade de 3 anos, bem como outras 144, com 8 a 9 anos de vida.

Os resultados apresentados revelaram, que a ingestão freqüente de dieta composta por alimentos coloridos artificialmente, ou com aditivos químicos, aumenta em pelo menos 5 vezes a chance de surgimento de sintomas de déficit de atenção e hiperatividade, nas crianças com 3 anos de idade. Da mesma forma, os alimentos acima descritos correlacionam-se com elevação do risco de alterações comportamentais, quando consumidos por crianças com 8 / 9 anos de vida.

Os conservantes químicos e certas substâncias, que colorem artificialmente a dieta das crianças, estão relacionados a um aumento das taxas de déficit de atenção e hiperatividade nesta fase da vida.

Fonte: The Lancet 2007; 370 (9598): 1560 – 1567

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: