Publicidade

Notícias de saúde

Descompensação cardíaca – um grave risco associado à embolia pulmonar aguda

16 de julho de 2007 (Bibliomed). A embolia pulmonar é uma situação ocasionada pela obstrução dos vasos sangüíneos que irrigam o pulmão. Os responsáveis por esta obstrução são os trombos, formados por coágulos, partículas de gordura ou bactérias. Dependendo da extensão da área comprometida, pode levar a uma grave insuficiência respiratória e mesmo à morte.

A insuficiência cardíaca já é um fator de risco bem conhecido para a formação de tromboembolismo venoso, estando associada ao desenvolvimento de embolia pulmonar aguda. Contudo, os impactos da embolia sobre o desempenho cardíaco, em pacientes com insuficiência cardíaca, ainda não foram bem estudados.

Pesquisadores, da Universidade Federal do Estado da Bahia, desenvolveram um estudo publicado na revista Chest, para avaliar os impactos da embolia pulmonar sobre o coração, de pacientes com falência dessa bomba.

De 2001 a 2003, 198 pacientes, com grave descompensação cardíaca, foram avaliados em unidades coronarianas. Em 9,1% desses casos, a embolia pulmonar foi confirmada. O tempo de hospitalização, novas internações e mesmo a morte foram muito superiores nestes pacientes em comparação, com os pacientes que não apresentavam embolia.

Para os autores, o embolismo, de acordo com os resultados, demonstrou ser um fator de pior prognóstico para os pacientes com desordens cardiovasculares, devendo ser levado em consideração ao se avaliar esses indivíduos.

Fonte: Chest 2007; 131: 1838 – 1843

Copyright © 2007 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: