Publicidade

Notícias de saúde

Uso de anticoncepcional eleva risco de trombose venosa

07 de fevereiro de 2007 (Bibliomed). A trombose venosa caracteriza-se pela coagulação do sangue dentro do vaso sanguíneo. Isso acarreta uma série de alterações nas regiões que são banhadas pelos vasos trombosados, uma vez que cessa o fluxo de sangue nestes locais. Assim, é possível observar dilatação das veias superficiais, escurecimento do local afetado (a pele toma um tom azulado), acompanhados de dor e inchaço locais.

Algumas vezes a trombose venosa reveste-se de maior gravidade, uma vez que os coágulos sangüíneos podem se desprender e atingir órgãos nobres, causando sintomas graves e podendo até conduzir ao óbito. Um dos principais fatores de risco para a ocorrência de trombose venosa, em mulheres, é o uso de anticoncepcionais hormonais, como as pílulas. E este risco é ainda maior nas mulheres portadoras de algum distúrbio da coagulação sangüínea, conforme revelam um grupo de pesquisadores, que escreveram um estudo na revista Archives of Internal Medicine, em Fevereiro de 2007.

A pesquisa contou com a participação de 222 mulheres, das quais 135 usavam ou já usaram anticoncepcionais hormonais. Foi verificado que as mulheres portadoras de algum defeito da coagulação do sangue e que receberam anticoncepcionais, apresentaram risco de trombose venosa 12 vezes maior que as mulheres em uso de anticoncepcional e que não possuíam distúrbios de coagulação.

Assim, conclui-se que antes de se iniciar o uso de anticoncepcionais hormonais deve-se pesquisar a presença de defeitos da coagulação do sangue, a fim de evitar a ocorrência de trombose venosa. Para as mulheres portadoras de distúrbio da coagulação deve-se dar preferência à outros métodos contraceptivos.

Fonte: Arch Intern Med. 2007; 167 (3): 282 – 289 (February 12)

Copyright © 2007 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: