Publicidade

Notícias de saúde

Gene Supressor do Câncer de Pulmão é Identificado

Por Penny Stern

NOVA YORK (Reuters Health) - Um mecanismo responsável por desativar um gene supressor do tumor em muitos cânceres de pulmão foi anunciado por uma equipe de pesquisadores internacionais.

Adi F. Gazdar, da Escola de Medicina da Universidade Southwestern do Texas, em Dallas, em conjunto com sua equipe em Dallas e na Itália, Austrália e Holanda, relata as descobertas na edição de agosto de Journal of the National Cancer Institute.

Gazdar explicou que "é óbvio...as células precisam desativar muitos genes antes delas se tornarem malignas". No caso do câncer de pulmão, cientistas sabem há muito tempo que o ácido retinóico desempenha uma papel neste processo.

"Sabíamos que (receptor-beta do ácido retinóico) é regulado em níveis inferiores no câncer de pulmão e (nas células de revestimento) dos brônquios de fumantes, embora o mecanismo não fosse compreendido", disse Gazdar.

Ele acrescentou que os testes utilizando retinóides como um agente preventivo do câncer de pulmão têm sido bem-sucedidos.

No trabalho atual, Gazdar e sua equipe "demonstraram o mecanismo de desativação" que desliga um gene que, normalmente, iria atuar suprimindo a formação do tumor, disse Gazdar.

Especificamente, o gene do acido retinóico (RAR-beta) é metilado, ou seja, é introduzido um grupo de metila no gene. Metilas são grupos químicos formados por um átomo de carbono ligado a três átomos de hidrogênio. Quando o gene RAR-beta é metilado, a expressão normal do gene é impedida.

O RAR-beta é importante não somente no desenvolvimento do câncer de pulmão, "frequentemente o RAR-beta também é metilado no câncer de mama", destacou Gazdar.

De acordo com o pesquisador, "estamos aprendendo que promotores de metilação aberrante do gene é um método frequente para desativar a expressão do gene". Além disso, disse Gazdar, "ela pode ser revertida após exposição de um agente desmetilizador".

Em relação às implicações dessas descobertas, Gazdar sugeriu que "se a metilação pode ser removida, isso pode ser útil por si mesmo. Ou, a combinação de desmetilação e um retinóide pode ser mais efetiva, como tem sido demonstrado para algumas linhagens celulares por experimentos (laboratoriais)".

Embora Gazdar não especifique quando aplicações práticas podem ser desenvolvidas a partir dessas descobertas, ele comentou que "novos avanços terapêuticos e quimiopreventivos estão sendo desenvolvidos e serão testados num futuro próximo".

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: