Publicidade

Notícias de saúde

Videogame ajuda a emagrecer

31 de janeiro de 2007 (Bibliomed). Na sociedade de hoje, as crianças estão ficando cada vez mais acima do peso ideal. A obesidade é um fato muitas vezes relacionado com o mau hábito alimentar e com o sedentarismo. A televisão e o computador são, infelizmente, meios mais atrativos que os esportes e as brincadeiras em grupo para os nossos jovens.

Pensando em como reverter essa situação, pesquisadores da Mayo Clinic desenvolveram uma nova arma contra a obesidade: um videogame. Por mais contraditória que seja a idéia, visto que são os games os principais vilões da obesidade de nossas crianças, ela tem um aspecto que a diferencia dos jogos comuns: requer atividade física. As informações produzidas por esse grupo foram publicadas no Pediatrics (Janeiro 2007).

O estudo promovido é o primeiro que cientificamente calculou o quanto é gasto de energia quando se joga um videogame. Para realizá-lo, os autores selecionaram 25 crianças, sendo 15 delas com peso adequado para a idade e altura e 10 obesas. Ambos os grupos foram testados quanto à energia gasta ao assistirem televisão e jogarem games tradicionais. Posteriormente, foram testados jogando dois tipos diferentes de games, que requerem atividade física e também assistindo aulas de ginástica pela televisão.

Os pesquisadores perceberam que assistir televisão e jogar games da forma tradicional gasta a mesma quantidade de energia. Quando estimulados a realizar as mesmas atividades, mas realizando exercícios físicos, a energia gasta é praticamente o triplo, quando comparada à maneira habitual. Esses resultados foram os mesmos, tanto para as crianças com o peso ideal, quanto para as obesas.

Quando as crianças assistiam televisão fazendo exercícios, a energia gasta no grupo de obesos foi maior. Mas quando se utilizava de um game que envolvia dança, ambos os grupos queimaram mais calorias, mas esse gasto foi maior no grupo dos obesos (cerca de 6 vezes mais que o daqueles com peso ideal).

Portanto, apesar de ter sido um estudo pioneiro, pode-se dizer que não é preciso necessariamente excluir a televisão e os jogos eletrônicos da lista de atividade de seus filhos, para que os mesmos fiquem mais sadios. Certamente, exercícios físicos associados aos hábitos tradicionais serão uma nova arma contra a obesidade, porém mais estudos devem ser realizados.

Fonte: Science Daily; January 10th, 2007.

Copyright © 2007 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: