Publicidade

Notícias de saúde

Depressão pós-parto eleva o risco de diarréia no filho

16 de janeiro de 2007 (Bibliomed). A depressão materna que ocorre após o parto é uma doença complexa e de múltiplas causas. A gravidez é um período de profundas transformações físicas e psíquicas na mulher, sendo que esta se apresenta mais vulnerável e sensível durante o período gestacional.

A depressão materna durante a gravidez e após o parto apresenta uma freqüência semelhante àquela encontrada na população geral. Os sintomas são semelhantes em ambos os casos, sendo que as mulheres sob maior risco de desenvolver depressão, no período de gravidez, são aquelas que já tiveram algum quadro depressivo prévio. A gravidez não planejada ou indesejada, a falta de apoio familiar e social e a exposição a estresse excessivo, também são importantes fatores de risco para a depressão materna.

As conseqüências deste quadro depressivo, sobre os filhos, é um tema pouco discutido. Um grupo de pesquisadores ingleses publicou um estudo na revista Archives of Disease in Childhood, o qual aborda a relação entre depressão materna pós-parto, e a ocorrência de diarréia nos filhos, em seu primeiro ano de vida.

Foram selecionadas 265 crianças, sendo que 130 eram filhas de mães que apresentaram depressão pós-parto e 135 eram filhas de mães sem este problema. As crianças foram acompanhadas durante um ano, a fim de se verificar a freqüência de episódios de diarréia que estas apresentariam.

Os resultados obtidos revelaram que filhos de mães com depressão apresentaram maior número de episódios diarréicos, que os filhos de mães sem depressão. Além disso, as crianças cujas mães tiveram depressão pós-parto apresentaram risco dobrado de ter mais que cinco episódios de diarréia, durante o tempo do estudo.

A conclusão dos autores foi que a depressão materna apresenta forte relação com a ocorrência de diarréia nos filhos. E este é um fator de risco independente, pois não tem relação com a presença de desnutrição, com a classe socioeconômica ou com o nível de escolaridade paterna.

Assim, é preciso que programas preventivos e de saúde da criança abordem também a questão da depressão materna, como um fator de risco para a ocorrência de diarréia.

Fonte: Archives of Disease in Childhood 2007; 92: 24 – 28.

Copyright © 2007 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: