Publicidade

Notícias de saúde

Avaliação cardiológica obrigatória pode salvar as vidas de jovens atletas

18 de outubro de 2006 (Bibliomed). Avaliações cardiológicas obrigatórias podem salvar as vidas de atletas jovens, sob risco da ocorrência de morte súbita. Esta foi a conclusão de um estudo italiano, publicado no número dessa semana da revista JAMA - Journal of the American Medical Association.

Os atletas jovens podem aparentar uma "saúde de ferro", mas, em raros casos, podem vir a se tornar vítimas da morte súbita de origem cardíaca, devido à anormalidades em seu coração. A American Heart Association recomenda a avaliação cardíaca em estudantes de nível médio e universitário, antes que eles venham a participar de atividades atléticas. Os protocolos incluem a obtenção de uma história pessoal e familiar, mas não solicita que sejam feitos eletrocardiogramas de rotina.

Porém, na região de Venetto, na Itália, a avaliação com eletrocardiograma (ECG) se tornou obrigatória à partir de em 1982, para todos aqueles que desejassem realizar atividades esportivas e que estivessem entre as idades de 12 e 35 anos.

Os pesquisadores da Universidade de Pádua, avaliaram a ocorrência de morte súbita de origem cardíaca entre atletas jovens em Venetto, nos anos 1979 a 2004. Neste período, 55 atletas jovens tiveram morte súbita cardíaca. Porém, comparando se os períodos, nos quais o ECG não era obrigatório com o período posterior, no qual ele se tornou obrigatório, a incidência da morte súbita cardíaca, entre atletas jovens, caiu 89%.

Fonte: JAMA. 2006;296:1593-1601.

Copyright © 2006 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: