Publicidade

Notícias de saúde

Drogas Antiinflamatórias Previnem Câncer de Mama em Ratos

NOVA YORK (Reuters Health) - Duas drogas antiinflamatórias - ibuprofeno e celecoxib - preveniram o câncer de mama em ratos tratados com substâncias químicas para induzir o câncer. A descoberta traz esperanças de que estas drogas também possam ser usadas um dia para prevenir e tratar o câncer de mama em humanos.

"Nossos resultados são os primeiros a demonstrar uma supressão dramática do (desenvolvimento do câncer de mama) neste modelo pelo bloqueio de COX-2", de acordo com Randall E. Harris, da Escola de Medicina da Universidade Estadual de Ohio, em Columbus, e associados.

Em tumores de mama, dois genes - COX-1 E COX-2 - são ativados no processo em que a célula se torna cancerosa. O ibuprofeno bloqueia ambos os produtos dos genes e o celecoxib bloqueia especificamente o COX-2, explicam os pesquisadores na revista Cancer Research.

Como estudos recentes relacionaram o uso regular de drogas antiinflamatórias não-esteróides (NSAIDs) a uma taxa baixa de câncer de mama, os pesquisadores investigaram se duas NSAIDs, o ibuprofeno e o celecoxib, poderiam prevenir os tumores de mama que se desenvolvem em ratos após exposição à substância química DMBA.

Ratos que não foram tratados desenvolveram 127 tumores, comparados a somente 61 tumores em ratos tratados com ibuprofeno e 18 tumores em ratos tratados com celecoxib, indica o estudo.

Somente menos um terço dos ratos do grupo tratado com celecoxib desenvolveu tumores cancerosos, todos relativamente pequenos. Em contraste, destacam os pesquisadores, todos os animais que não foram tratados desenvolveram câncer de mama que eram, na média, três vezes maiores do que aqueles dos ratos tratados com celecoxib.

O câncer de mama foi formado em 40 por cento dos animais tratados com ibuprofeno, afirmam os pesquisadores, e a média do tamanho do tumor foi somente maior que metade dos ratos não-tratados.

Além disso, os tumores se desenvolveram muito depois nos ratos tratados com NSAIDs (após 86 dias em metade dos ratos) do que nos ratos não tratados (58 dias), observam os pesquisadores.

"Estes resultados sugerem que o celecoxib pode ser um agente de quimio-prevenção contra o câncer de mama humano", concluem os pesquisadores.

Eles acrescentam que o celecoxib também demonstrou efeitos antitumorais contra outros tipos de câncer, mais notavelmente o câncer de cólon.

"Dez a 20 por cento de mulheres com 50 anos ou mais utilizam NSAIDs em uma base regular", disse Harris. "Estas drogas não são somente importantes para a prevenção e o controle do câncer de mama, mas também podem ter valor significativo na prevenção e terapia de outros tipos de câncer, como o câncer de cólon, pulmão e próstata."

Entretanto, as descobertas são preliminares. Muito mais estudos são necessários antes das drogas puderem ser recomendadas como prevenção ou tratamento do câncer.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: