Publicidade

Notícias de saúde

FDA Libera Sistema a Laser para Tratar Lesões de Pele

WASHINGTON (Reuters Health) - A Food and Drug Administration (FDA), agência norte-americana para controle de drogas e alimentos, concedeu autorização para o Sistema Laser EpiStar Diode que pode ser usado para remover cabelo e para tratar lesões vasculares e pigmentares de pele, como as marcas de nascença.

O sistema EpiStar, fabricado pela Nidek de Fremont, Califórnia, usa um laser diodo infravermelho para tratar uma área entre 2 e 5 milímetros de pele em um padrão aleatório de leitura. O sistema de resfriamento do instrumento termelétrico esfria a pele a 5 graus Celsius, protegendo a área da exposição ao calor e minimizando o desconforto do paciente.

A maioria dos sistemas a laser usam gás como o dióxido de carbono para esfriar a pele durante o procedimento, mas o sistema EpiStar faz isso eletronicamente soprando ar frio no local da pele, disse o porta-voz da Nidek, Dawn Verhulst, à Reuters Health.

O laser EpiStar inclui um monitor sensível ao toque e peças manuais intercambiáveis para diferentes tamanhos de tratamento. O instrumento também recebeu aprovação na Europa e outros países do mundo, disse Verhulst.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: