Publicidade

Notícias de saúde

Colonoscopia preventiva reduziria riscos de câncer colorretal

16 de novembro de 2005 (Bibliomed). O câncer colorretal tem sido freqüentemente associado a uma tendência familiar e ao tabagismo, e somente vem a ser descoberto mais tardiamente em muitos casos.

Agora, um novo estudo indica que a incidência de câncer colorretal poderia diminuir em até 80% entre indivíduos com risco moderado, e em mais de 40% entre pessoas com história familiar de câncer colorretal hereditário sem polipose intestinal.

Um estudo prospectivo com 16 anos de duração foi divulgado na última semana pela revista British Medical Journal e mostrou a eficácia da colonoscopia (o estudo endoscópico do intestino grosso) como método de vigilância para redução da incidência de câncer no intestino grosso.

Foram acompanhados 1.678 indivíduos de famílias registradas no estudo. A possibilidade de colonoscopia preventiva foi oferecida aos inscritos em intervalos de 5 anos, ou a intervalos de 3 anos caso um tumor benigno de tipo adenoma tenha sido detectado.

Segundo os pesquisadores ingleses responsáveis pela investigação, a história familiar é um importante determinante de quando devem ser feitos os primeiros exames e de qual é o intervalo confiável entre eles.

Fonte: British Medical Journal 2005;331:1047.

Copyright © 2005 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: