Publicidade

Notícias de saúde

Desocupação de Gaza reflete sobre a saúde mental de judeus da região

11 de novembro de 2005 (Bibliomed). A recente evacuação da faixa de Gaza por tropas israelenses evidenciou um problema de saúde pública delicado: a saúde mental dos judeus envolvidos nas disputas políticas do Oriente Médio.

Um estudo publicado na última semana pela revista médica The Lancet discutiu a questão, demonstrando as dificuldades encontradas por profissionais de saúde mental em oferecer assistência adequada a soldados e judeus ortodoxos da região.

Segundo os pesquisadores, a maioria dos profissionais de saúde enfrenta dificuldades em compreender as complexas restrições que o Judaísmo ortodoxo impõe a seus seguidores, o que, muitas vezes, dificulta a adesão a tratamentos farmacológicos e à psicoterapia.

O estresse psíquico a que os soldados israelenses foram submetidos foi considerável: ao evacuarem lares de pessoas resistentes à desocupação, muitos deles foram hostilizados e mesmo acusados de anti-semitismo.

Fonte: The Lancet 2005; 366:1516-1517

Copyright © 2005 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: