Publicidade

Notícias de saúde

Talidomida volta a ser usada em Dermatologia

02 de agosto de 2005 (Bibliomed). A talidomida foi introduzida na Medicina na década de 50, mas foi rapidamente retirada do mercado devido a seus potenciais efeitos capazes de causar malformações congênitas.

Inicialmente empregada com a função de droga sedativa, a talidomida tem sido cada vez mais aceita no tratamento do chamado quadro de "eritema nodoso" encontrado na hanseníase (conhecida vulgarmente como lepra), devido aos bons resultados que obteve em testes clínicos. Isso fez com que o FDA, órgão que regula a comercialização de drogas nos EUA, voltasse atrás e autorizasse sua venda para uso em Dermatologia.

Uma interessante revisão publicada na mais recente edição da revista especializada British Journal of Dermatology discute o uso da talidomida em Dermatologia. Além do eritema nodoso da hanseníase, a talidomida tem ganhado espaço também no contexto de diversas outras doenças, como a sarcoidose, o lúpus e mesmo o temido câncer melanoma.

Fonte: British Journal of Dermatology - July 2005

Copyright © 2005 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: