Publicidade

Notícias de saúde

Pessoas deprimidas e que são religiosas têm menor tendência ao suicídio

28 de dezembro de 2004 (Bibliomed). Homens e mulheres deprimidos que praticam uma religião tem uma menor probabilidade de tentar o suicídio do que pessoas deprimidas não-religiosas, de acordo com os achados de um novo estudo.

Segundo artigo publicado este mês na revista American Journal of Psychiatry, informações anteriores já indicavam que países mais religiosos tendem a ter menores taxas de suicídio do que as nações seculares, e que um grau mais elevado de compromisso religioso é associado com um comportamento menos suicida.

No estudo atual, pesquisadores da Universidade de Columbia nos Estados Unidos avaliaram 371 pacientes deprimidos, sendo que aproximadamente a metade dos participantes tinha tentado o suicídio pelo menos uma vez em suas vidas. Nos resultados da análise da casuística, especificamente, 48 por cento dos pacientes que se diziam afiliados ao Catolicismo, Protestantismo, Judaísmo ou outra religião informaram tendo tentado suicídio, comparados com 66 por cento dos pacientes sem filiação religiosa que haviam tentado por um fim a suas vidas.

Fonte: Am J Psychiatry 161:2303-2308, December 2004

Copyright © 2004 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: