Publicidade

Notícias de saúde

Auto-exame das mamas: uma perda de tempo?

22 de Março de 2004 (Bibliomed). Um novo estudo apresentado na semana passada na European Breast Cancer Conference, realizada em Hamburgo, Alemanha, sugere que mulheres que examinam as suas mamas em busca de tumores aumentam o próprio nível de preocupação em relação ao câncer, mas raramente têm sucesso no diagnóstico precoce do mesmo.

Segundo o professor Lars Holmberg, do Regional Oncologic Centre, Uppsala, Suécia, cuja pesquisa custeada pela OMS (Organização Mundial de Saúde) analisou 100.000 mulheres, o auto-exame das mamas raramente é capaz de descobrir tumores, não salva vidas, e induz o pânico, ansiedade e depressão.

O estudo foi realizado entre os anos de 1985 e 2003, e nele, um grupo deste total de mulheres foi treinado para examinar os próprios seios. Os pesquisadores, liderados pelo Dr. Holmberg, verificaram que mulheres que fizeram o auto-exame das mamas não apresentaram uma redução na mortalidade causada pelo câncer mamário; entretanto, as mulheres que fizeram o auto-exame fizeram mais consultas médicas devidas a lesões benignas da mama do que aquelas do grupo controle.

Este estudo contradiz inúmeros conceitos aceitos atualmente, que indicam ser o auto-exame das mamas uma técnica capaz de trazer benefícios reais para as mulheres na prevenção dos cânceres da mama. O comunicado original foi publicado em http://www.eurekalert.org/pub_releases/2004-03/foec-bse031004.php .

Copyright © 2004 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: