Publicidade

Notícias de saúde

Antibióticos podem ser úteis após um derrame cerebral

21 de Janeiro de 2004 (Bilbiomed). Pacientes vitimados por um acidente vascular cerebral (AVC, ou derrame cerebral) tem uma tendência a experimentarem infecções bacterianas sérias. Agora, pesquisadores alemães e russos demonstraram em experimentos com animais que o tratamento com antibióticos pode prevenir tais infecções, levando a uma significativa redução de mortes e danos cerebrais após um derrame.

Segundo artigo publicado no número de janeiro da revista Stroke da American Heart Association, esse estratégia pode significar uma importante e nova abordagem terapêutica para melhorar a evolução de pacientes com um AVC grave.

Segundo evidências publicadas no estudo, parece ocorrer a supressão parcial do sistema de defesas de um paciente vítima de um derrame cerebral, sendo que esta situação contribui para uma alta incidência de infecções.

A pesquisa foi realizada em camundongos nos quais uma situação de derrame cerebral era desencadeada artificialmente; os pesquisadores utilizaram, em alguns dos camundongos, um antibiótico 1h após a ocorrência do derrame ou, em outros casos, 12h após.

Nos resultados observados, camundongos que usaram antibióticos tiveram uma mortalidade 40% menor quando comparados com outros aos quais a antibióticos não foram administrados. Segundo os pesquisadores, estes resultados melhores ocorreram até mesmo nos casos em que os antibióticos foram dados após 12h da ocorrência do derrame.

Mais estudo serão necessários para verificar a aplicabilidade deste tipo de tratamento em seres humanos.

Fonte: Stroke January 2004 35: 2 - 6.

Copyright © 2004 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: