Publicidade

Notícias de saúde

Problema na Vesícula Pode Ser Causa de Diarréia Crônica

Por Nancy Deutsch

NOVA YORK (Reuters Health) - Um problema na vesícula biliar pode ser a causa de muitos casos de diarréia crônica sem explicação, de acordo com um gastroenterologista de New Jersey, nos Estados Unidos.

Saad F. Habba, do Hospital Overlook, em New Jersey, forneceu a droga para reduzir o colesterol chamada colestiramina para 19 pacientes com diarréia crônica que não responderam a outros tratamentos.

A droga é dada a pessoas que tiveram suas vesículas biliares removidas e, consequentemente, sofrem de diarréia.

De acordo com o estudo publicado na edição deste mês de American Journal of Gastroenterology, todos os 19 pacientes melhoraram com a medicação, que se liga a ácidos biliares normalmente armazenados na vesícula biliar.

Segundo Habba, normalmente, quando acometidas de doenças inflamatórias, parasitas e câncer, as pessoas são diagnosticadas com a síndrome do cólon irritável (IBS).

Ele explicou, no entanto, que muitos desses pacientes não respondem a drogas comumente usadas para tratar a IBS, como antiespasmódicos e inibidores de serotonina.

Habba afirmou que, quando foi dado o agente de ligação da bile, "19 em 19 melhoraram em 24 horas".

Ele explicou que cerca de 10 por cento das pessoas que têm sua vesícula biliar removida sofrem de diarréia crônica devido ao excesso de produção de bile. Esse tipo de diarréia normalmente ocorre imediatamente após a refeição, um padrão observado nos 19 participantes do estudo - embora estes pacientes não tenham sofrido a remoção de suas vesículas biliares.

Durante o estudo, os pacientes passaram por um teste que mede o funcionamento da vesícula biliar. Segundo Habba, todos os pacientes apresentaram índices baixos, indicando que suas vesículas biliares não estavam funcionando ou funcionando no máximo com 42 por cento da capacidade normal.

Com a medicação, os pacientes melhoraram ao ponto daqueles que anteriormente apresentavam 4 a 10 movimentos peristálticos por dia apresentaram somente um.

Habba destacou que estudos com um número maior de participantes são necessários. Entretanto, ele sugeriu que se um paciente tem diarréia crônica que não pode ser atribuída a outras causas, o funcionamento de sua vesícula biliar deve ser testado. E, caso sua função esteja abaixo do normal, o paciente deve tentar tomar a colestiramina.

Segundo Habba, a droga não é cara e "segura tem sido há muito tempo".

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: