Publicidade

Notícias de saúde

Exame identifica risco de abortamento no início da gestação

04 de Dezembro de 2003 (Bibliomed). Investigadores dos Estados Unidos divulgaram ontem que desenvolveram um novo tipo de exame que pode identificar as mulheres sob risco de abortamento espontâneo, tão precocemente quanto nas seis primeiras semanas da gravidez.

Pesquisadores do Diagnostic Ultrasound Consultants em Ilinois examinaram 1.530 mulheres grávidas usando um scanner Doppler ultra-som que mede a velocidade da passagem das células vermelhas do sangue (chamadas hemácias) no corpo do feto. Os investigadores conseguiram identificar se o embrião apresentava insuficiência cardíaca congestiva que, de acordo com a pesquisa, é responsável por até 40 por cento dos casos de abortamento espontâneo.

Segundo os autores do estudo, é possível predizer a condição com 99 por cento de precisão em gestações à partir da sexta semana. A técnica pode um dia permitir aos médicos que venham a impedir a ocorrência de muitos dos episódios de abortamento.

A informação foi publicada ontem na edição eletrônica da revista British Medical Journal.

Copyright © 2003 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: