Publicidade

Notícias de saúde

Maconha será testada como analgésico na Inglaterra

22 de Agosto de 2003 (Bibliomed). Evidências de pesquisas em animais e em seres humanos indicam que a maconha pode produzir um efeito analgésico importante. Porém, mais estudos devem ser feitos para estabelecer a magnitude e a duração deste efeito, nas diversas condições clínicas. Os pacientes que poderiam ser beneficiados com o uso dessa droga seriam aqueles em uso de quimioterapia, em pós-operatório, com trauma raquimedular (lesão da coluna vertebral com acometimento da medula), com neuropatia periférica, em fase pós-infarto cerebral, com AIDS, ou com qualquer outra condição clínica associada a um quadro importante de dor crônica.

Um novo estudo pretende avaliar o uso da maconha em pacientes em período pós-cirúrgico, para tratamento da dor. A partir de agora, os pacientes que esperam cirurgia em 35 hospitais ingleses serão perguntados se gostariam de tentar o uso de medicamentos baseados em cannabis para controlar sua dor pós-operatória, em um estudo experimental desenvolvido pelo Conselho de Pesquisas Médicas. A pesquisa irá verificar se os analgésicos baseados no cannabis podem ser considerados para prescrição normal no alívio da dor.

Uma equipe do Imperial College de Londres espera recrutar 400 participantes, que serão atribuídos aleatoriamente a um de quatro tratamentos por via oral na forma de cápsulas. As cápsulas um conterão tanto um extrato estandardizado do cannabis, tetrahidrocanabinol (um ingrediente encontrado na folha da maconha), uma droga para alívio da dor padrão ou um placebo. O efeito será avaliado durante seis horas, buscando-se verificar o real efeito benéfico da droga.

Copyright © 2003 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: