Publicidade

Notícias de saúde

Cafeína é Usada em Refrigerante para Viciar, Diz Estudo

CHICAGO (Reuters) - A cafeína usada em refrigerantes - que os norte-americanos bebem mais do que água - é adicionada para viciar os consumidores e não para acentuar o sabor como alegam os fabricantes, afirmaram pesquisadores na segunda-feira.

Cientistas da Universidade John Hopkins disseram que a maioria das pessoas que toma refrigerantes não consegue notar a diferença entre bebidas com e sem cafeína.

O estudo está em Archives of Family Medicine, que é publicado pela Associação Médica Americana, e concluiu que a cafeína é adicionada a refrigerantes por sua natureza viciante para aumentar o consumo.

O estudo descobriu que somente 8 por cento de um grupo de 25 adultos conseguiram detectar a cafeína em refrigerantes. O restante não conseguiu notar a diferença entre bebidas com e sem cafeína, até que os níveis da substância fossem aumentados a níveis além dos aprovados pela Food and Drug Administration (FDA), órgão que controla nos EUA drogas e alimentos.

De acordo com o estudo, quase 70 por cento dos refrigerantes consumidos nos EUA contêm cafeína.

Um grupo representando a indústria de refrigerantes afirmou que as conclusões do estudo são irresponsáveis e que a cafeína adicionada às bebidas acentua o sabor.

"Este foi um estudo muito mal conduzido e desenvolvido. As conclusões são irresponsáveis e não são baseadas em ciência", disse o porta-voz da Associação Nacional de Refrigerantes, Jeff Nedelman.

O autor do estudo, Roland Griffiths, observou que as versões sem cafeína da Coca-Cola e da Pepsi, os dois refrigerantes mais populares, correspondem a somente 5 por cento das vendas. O consumo de refrigerantes aumentou mais do que o dobro desde 1975 e refrigerantes são mais consumidos do que água.

"Sabemos que adultos e crianças podem ficar fisiologicamente e psicologicamente dependentes de bebidas cafeinadas, sentindo uma síndrome de abstinência se eles param de tomá-las", disse Griffiths.

Ele afirmou que os fabricantes devem explicar suas razões para adicionar cafeína em bebidas e eliminar a quantidade do aditivo usado. Ao responder a uma proposta da FDA de 1981 para eliminar a cafeína de refrigerantes, os fabricantes de refrigerantes alegaram que a substância acentua o sabor.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: