Publicidade

Notícias de saúde

Presidente do CFM entrega à CPI dos Planos de Saúde dossiê com denúncias de usuários

02 de Julho de 2003 (Bibliomed). O presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM), Edson de Oliveira Andrade, entregou na última quinta-feira (26/06) um dossiê de denúncias formuladas por usuários de planos de saúde ao presidente da CPI dos Planos de Saúde da Câmara dos Deputados, Henrique Fontana (PT-RS), durante audiência pública.

Segundo o presidente do CFM, as denúncias são as mais variadas, desde o aumento exagerado no valor das mensalidades, passando por exames negados, o uso contínuo de material hospitalar descartável, e o descredenciamento de médicos sem qualquer aviso aos pacientes. De acordo com Edson Andrada, esses problemas são apenas a superfície de um relacionamento difícil entre os médicos, as operadoras dos planos de saúde e a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

A classe médica reclama que a ANS se preocupa apenas com a viabilidade econômica do sistema, e que não existem garantias para os médicos e os pacientes nessa relação. De acordo com o presidente do CFM, cerca de 30 milhões de pessoas são usuárias de planos de saúde no país.

“Existem cerca de 700 operadoras de planos de saúde registradas e uma quantidade infinita de planos clandestinos e a ANS responde que todas estão funcionando em caráter provisório”, afirmou Andrade.

Edson Andrade salientou que a classe médica não está em campanha contra as atividades das operadoras dos planos de saúde, “mas é um tipo de atividade econômica que não pode se sobrepor às garantias sociais”.

Copyright © 2003 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: