Publicidade

Notícias de saúde

Evento gratuito desvenda os mistérios do sono

13 de Maio de 2003 (Bibliomed). Estudos mostram que o ser humano passa 1/3 de sua vida dormindo e aproximadamente 25% desse sono é atravessado por sonhos. Por essa razão, o sono tem um papel decisivo na qualidade de vida das pessoas e tem sido cada vez mais objeto de investigação. Mas, se de um lado as pesquisas avançam, de outro nunca se registrou tantos casos de pessoas com distúrbios do sono, tais como insônia, sono excessivo, fala noturna, bruxismo, ronco, sonambulismo, apnéia.

O sono, sua importância para a qualidade de vida, seus distúrbios e possíveis tratamentos serão apresentados de 19 a 24 de maio através de palestras, vivências e intervenções artísticas, durante o evento “De Sono – Sobre o Sono e seus Mistérios”, uma parceria entre o Instituto do Sono da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e o Núcleo Multidisciplinar de Saúde Corporal do Sesc Consolação. O projeto é destinado a profissionais da área de saúde e ao público em geral e a participação é gratuita. Inscrições e informações no Sesc Consolação, que fica à Rua Dr. Vila Nova, 245. Telefones: (11) 3234-3051/3000.

A dificuldade de conciliar o sono pode ser causada por várias fontes de perturbação externa ou interna, alterações do ritmo biológico, estresse ou hábitos inadequados para dormir. Os especialistas destacam uma série de preceitos que ajudam a criar situações favoráveis para um sono restaurador, como ter uma alimentação leve à noite, não fazer uso de bebidas alcoólicas, praticar atividade física e ter disciplina de horários. Em situações de maior gravidade pode ser necessário usar equipamentos para contornar essas dificuldades e, em último caso, fazer intervenções cirúrgicas.

Durante o dia, a pessoa vive estados diferentes de sono – a vigília, o sono e o sonho – e é essencial que eles permaneçam num ritmo biopsicológico equilibrado, pois qualquer quebra neste ritmo pode trazer prejuízos para a saúde física e psíquica, resultando em mal-humor, irritação, fadiga, ritmo lento, dificuldade de aprendizagem, atenção difusa e baixa concentração.

Copyright © 2003 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: