Publicidade

Notícias de saúde

Leite de soja é fonte de bom colesterol, indica estudo

25 de Março de 2003 (Bibliomed). O leite de soja diminui o mau colesterol (LDL) e aumenta os níveis do bom colesterol (HDL), reduzindo o risco de doenças cardiovasculares. Essa é a conclusão de um estudo realizado pelo Setor de Lípides, Arterosclerose e Biologia Vascular da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), em parceria com o Instituto Dante Pazzanese, que será apresentado no congresso do Colégio Americano de Cardiologia, em Chicago (EUA), no final de março.

O trabalho da nutricionista Liliana Paula Bricarello mostrou que a ingestão diária de leite de soja light industrializado reduziu de 3,5% a 6,4% o LDL, e aumentou em 10% o HDL em indivíduos com níveis da gordura acima do desejável, quando comparado ao consumo de leite de vaca desnatado.

A pesquisadora ressalta que estudos recentes demonstram que, mesmo para índices de colesterol considerados normais, o risco coronariano aumenta para quem tem baixos níveis de HDL. O estudo também demonstrou que houve uma redução do processo oxidativo das gorduras nas paredes das artérias, responsável pela formação de placas de gordura que obstruem a passagem do sangue.

A pesquisadora acompanhou 60 indivíduos com níveis elevados da gordura causados por fator genético ou pela má alimentação, em tratamento de prevenção de doenças coronarianas. Na primeira fase do estudo, todos os pacientes receberam uma dieta pobre em gorduras saturadas e colesterol por um período de seis semanas. Na segunda etapa, eles foram divididos em dois grupos: durante seis semanas, um grupo consumiu um litro de leite de soja light industrializado (equivalente a 25 gramas da proteína do grão), e o outro ingeriu um litro de leite de vaca desnatado. Na terceira fase do trabalho, o consumo dos leites foi invertido em cada grupo.

Ao término de cada etapa, a pesquisadora coletou amostras de sangue dos pacientes para medir as alterações lipídicas. O valor médio do LDL baixou de 163 mg/dl para 157 mg/dl tanto na dieta com alimentos pobres em gorduras quanto com a ingestão de leite de vaca. Com o consumo do leite de soja, esse número baixou para 147 mg/dl. Já o HDL subiu de 56 mg/dl para 58 mg/dl com a alimentação pobre em gordura e para 62 mg/dl com o leite de soja. O consumo do leite de vaca não alterou o número inicial.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que as doenças do coração e os acidentes vasculares cerebrais matam mais de 12 milhões de pessoas anualmente em todo o mundo, sendo que 50% poderiam ser evitadas com medidas de prevenção para reduzir o risco de hipertensão, colesterol alto, obesidade e tabagismo.

Copyright © 2003 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: