Publicidade

Notícias de saúde

Exame de sangue ajuda a prever reações de paciente cardíaco a tratamento

18 de Novembro de 2002 (Bibliomed). Um simples exame de sangue poderia ajudar a prever se um paciente responderia bem ao tratamento contra angina (dor no peito) ou após sofrer um infarto, informaram pesquisadores do Hospital Universitário Sahlgrenska, em Goteborg, na Suécia. Estudos anteriores já haviam demonstrado que avaliar os níveis do hormônio BNP em pacientes com síndrome coronária aguda – pessoas que tiveram um infarto ou apresentam dor no peito – oferece informações valiosas. O BNP é secretado em altos níveis pelo tecido cardíaco quando há sobrecarga de pressão e expansão do volume do órgão. O hormônio age como diurético e ajuda a recuperar as condições normais do organismo. Níveis elevados de BNP indicam que há dano cardíaco.

O estudo atual demonstrou que fazer exames para verificar os níveis de uma substância química relacionada, o N-BNP, poderia prever melhor a capacidade de recuperação de pacientes com síndrome coronariana aguda. No estudo, os pesquisadores avaliaram 609 pacientes que haviam tido um infarto ou sentiam dor no peito. Após um período de acompanhamento de quatro anos e três meses, 86 pacientes morreram.

"Níveis médios de N-BNP foram significativamente menores em pacientes que sobreviveram por um longo prazo, comparado ao grupo que morreu. O N-BNP é um indicador poderoso de mortalidade a longo prazo em pacientes com síndrome coronariana aguda e oferece informações prognósticas que superam os indicadores convencionais de risco", observou a equipe de Kenneth Caidahl. As conclusões do estudo foram divulgadas na edição on-line de 11 de novembro do Circulation: Journal of the American Heart Association.

Copyright © 2002 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: