Publicidade

Notícias de saúde

Governo e Laboratórios Fecham Acordo

Os laboratórios farmacêuticos e governo fecharam um acordo sobre os preços dos remédios. Um dos assuntos mais polêmicos do momento, uma das propostas iniciais era suspender os últimos reajustes para que os preços retornassem aos mesmos valores que estavam no dia 01 de julho. Neste caso, todos os remédios que ainda estão com os preços de setembro do último ano, seriam reajustados em aproximadamente 2%.

De acordo com o Ministério da Fazenda, entre os quase 11 mil medicamentos que estão sendo comercializados, pouco mais de mil sofreram reajustes de preço desde agosto do ano passado. A indústria farmacêutica queria reajustar os medicamentos em 4,4% antes da trégua do governo, que defendia um aumento zero.

A partir disso, os laboratórios fizeram uma proposta de 2% de reajuste a partir de setembro. Neste caso, o Governo Federal impunha condições, como a manutenção de prazos de pagamentos e descontos entre as indústrias de remédios e redes de distribuição.

O Ministério da Saúde analisa ainda várias questões sobre a possibilidade de realização de um acordo, envolvendo a criação de um grupo de trabalho envolvendo representantes de laboratórios e do próprio governo, bem como, a finalização da regulamentação até o mês de dezembro deste ano, período que termina este acordo sobre os preços. No final da tarde de segunda-feira, o acordo foi fechado e os preços dos medicamentos serão mantidos até final do ano.

Copyright © 2000 BoaSaúde

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: