Publicidade

Notícias de saúde

Levantamento mostra o consumo de drogas ilícitas entre os portugueses

Belo Horizonte, 21 de Março de 2002 (Bibliomed). Um Inquérito Nacional sobre o Consumo de Substâncias Psicoativas na População Portuguesa, coordenado pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, indicou que pelo menos um em cada cinco portugueses consumiu alguma droga ilícita ao longo da vida.

O estudo foi encomendado pelo governo português. Foram separados grupos por idade e sexo, além de tipo de droga consumida.

O levantamento foi solicitado com objetivo de identificar o perfil do consumo e do consumidor e produzir dados relevantes para o desenvolvimento de ações preventivas na dependência por tóxicos.

Foram consultados cerca de 15 mil portugueses com idades entre 15 e 64 anos. As drogas abordadas foram as lícitas (tabaco, bebidas alcoólicas e produtos farmacêuticos) e ilícitas, como a Cannabis (maconha, haxixe e outras ervas) ecstasy, anfetaminas, cocaína, heroína, entre outras.

Um dos dados que preocupou o governo foi o índice elevado de pessoas que já experimentaram heroína (0,7%). O valor é superior ao de outros países utilizados para comparação na amostragem. Apenas o Reino Unido superou Portugal, com 1% de consumidores eventuais desse tipo de droga.

Em relação à Cannabis (haxixe, maconha ou erva), cerca de 16,2% da população portuguesa declarou tê-la usado ao menos uma vez. Valores superiores foram registrados na Holanda (19,1%), Espanha (19,8%), França (21,9%) e no Reino Unido (25%).

Ao se analisar o consumo de heroína ao longo da vida, identificou-se que os grupos de maior destaque são de 25 a 34 anos (1,10%) e de 35 a 44 anos (1,10%). A cocaína foi experimentada com maior freqüência também entre os grupos etários de 25 a 34 anos (1,6%) e de 35 a 44 anos (1,30%).

As taxas de consumo do ecstasy são mais significativas entre os mais jovens, diminuindo à medida que a idade aumenta. Ou seja, são de aproximadamente 1,80%, 1,0% e 0,40%, respectivamente nos grupos de idade entre (15-24), (25-34) e (35-44).

Copyright © 2002 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: