Publicidade

Notícias de saúde

Profissionais de Saúde Têm Alto Risco de Pegar Hepatite C

ATLANTA (Reuters Health) - O risco de profissionais de saúde se infectarem com o vírus da hepatite C (HCV) devido ferimento acidental com agulha é 20 a 40 vezes maior do que o risco de infecção por HIV, segundo dados apresentados na Conferência Internacional sobre Doenças Infecciosas Emergentes. O encontro é patrocinado pelos US Centers for Disease Control and Prevention e a American Society for Microbiology.

"O HIV tem conduzido as iniciativas de segurança da assistência à saúde há anos", disse o Dr. Robert T. Ball, do Departamento de Saúde da Carolina do Sul. "Precisamos mudar nosso foco educacional" para o risco de exposição ao HCV.

O Dr. Ball entrevistou 66 instituições de saúde na Carolina do Sul, reunindo dados sobre HCV e HIV em casos em que profissionais de saúde estavam expostos a sangue e fluidos corporais.

Respostas de 53 hospitais revelaram que 1.668 profissionais de saúde estavam expostos ao HCV e ao HIV em 1998. Desses, 1.451 realizaram testes para o HCV e 1.508 para o HIV. No geral, 5,2 por cento estavam infectados com o HCV e 2,3 por cento com o HIV.

As taxas são "significativamente mais altas do que as da população geral, que são de 1,5 por cento e 0,3 por cento, respectivamente", observam os pesquisadores. "É importante que as instituições privadas e públicas de saúde tenham consciência do risco e, acima de tudo, que sejam feitos testes para hepatite C", disse o Dr. Ball.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: