Publicidade

Notícias de saúde

Grande parte dos brasileiros desconhece o que é clonagem

Belo Horizonte, 27 de Dezembro de 2001 (Bibliomed). Uma pesquisa feita pela CNT-Sensus, divulgada há alguns dias, revelou que uma parcela considerável dos brasileiros não faz idéia do que é a tão comentada clonagem de células humanas.

A CNT-Sensus entrevistou cerca de 2 mil pessoas no início de dezembro, em diversas partes do país. Deste total, 43,5% afirmaram não saber o que é a clonagem. Mais da metade – 54% – respondeu que tem conhecimento sobre a técnica. Apenas 2,6% dos entrevistados não responderam à pesquisa.

O questionário também abordou a opinião dos brasileiros sobre o assunto. Dos que compreendem do que trata a clonagem, 83,8% são contra o procedimento e 12,4, a favor. Mesmo com a justificativa de que a clonagem pode ter fins medicinais, 51,4% dos entrevistados se mostraram contrários à técnica. A disputa entre pessoas que defendem o procedimento e as que não concordam é acirrada. Cerca de 42,8% aceitam a clonagem para fins medicinais.

No fim do mês passado, a Câmara dos Lordes da Grã-Bretanha aprovou um projeto de lei que proíbe a clonagem humana para fins reprodutivos. Pela nova legislação, a desobediência pode sujeitar o infrator a dez anos de prisão, além do pagamento de multa.

O projeto ainda precisa ser examinado pela Câmara dos Comuns. O secretário de Estado para a Saúde da Grã-Bretanha, Philip Hunt, afirmou que a técnica é arriscada e contra os princípios éticos. A legislação britânica, no entanto, não proíbe a clonagem de embriões para fins terapêuticos.

Toda a polêmica em torno da clonagem de células humanas se acentuou no fim de novembro, depois que a empresa norte-americana Advanced Cell Technology Inc. (ACT), de Massachussets, anunciou a clonagem com sucesso, para fins terapêuticos, de um embrião humano. O anúncio alarmou governos e gerou ceticismo na comunidade científica. A ACT garantiu que a experiência objetiva apenas o desenvolvimento de células capazes de se converter em qualquer tipo de tecido, favorecendo o tratamento de doenças neurodegenerativas, diabéticas ou hepáticas.

A clonagem provocou reações de diversos países, que reafirmaram sua oposição à técnica, mesmo com fins terapêuticos. Os Estados Unidos querem que a Câmara de Representantes aprove um projeto de lei que proíba a clonagem humana.

Copyright © 2001 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: