Publicidade

Notícias de saúde

Os efeitos maléficos de algumas drogas, como maconha e anfetaminas

Belo Horizonte, 06 de Dezembro de 2001 (Bibliomed). A revista científica American Journal of Psychiatry publicou uma pesquisa norte-americana sobre a relação entre a maconha e a depressão. O estudo comparou pessoas que não faziam uso da droga com outras que abusavam dela.

O grupo que usava freqüentemente a maconha estava quatro vezes mais propenso a relatar sintomas da depressão, quinze anos após o início do uso, se comparado ao que nunca fumou a droga. Pensamentos suicidas e alterações emocionais eram algumas das emoções relatadas pelo grupo usuário da droga. A maconha é uma planta com nome científico Cannabis sativa.

Foi descoberta há mais de 5.000 anos, sendo utilizada à essa época para fins medicinais. Os efeitos físicos agudos de quem faz uso da droga são: olhos avermelhados (hiperemia das conjuntivas), boca seca e batimentos cardíacos acelerados podendo ultrapassar 140 por minuto (taquicardia). Os efeitos do uso prolongado ainda são temas de diversas pesquisas.

A edição do periódico The Journal of Neuroscience revela, por sua vez, que a droga metanfetamina, conhecida por freqüentadores de boates como “ICE”, pode provocar danos cerebrais, elevando as chances de desenvolvimento de doenças degenerativas como Mal de Parkinson. A pesquisa realizada nos Estados Unidos indica também que a substância pode levar ao vício.

A metanfetamina provoca alterações no funcionamento cerebral que podem durar de 2 a 36 horas. As sensações entre os usuários da droga são de excitação, agilidade, sentimento de bem-estar, confiança e fala exagerada.

O uso prolongado, entretanto, poderia provar lesões irreversíveis. Segundo o estudo, a metanfetamina libera grande quantidade de dopamina no organismo, neurotransmissor responsável pela sensação de prazer.

Pesquisa semelhante havia sido publicada, em maio do ano passado, na revista científica Neurology. Segundo levantamento do próprio governo norte-americano, quase 5 milhões de moradores relataram uso de metanfetaminas em alguma época de suas vidas.

Copyright © 2001 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: