Publicidade

Notícias de saúde

Governo abre linha de crédito para indústria de genéricos

São Paulo, 30 de Maio de 2001 (eHealthLA). O Ministério da Saúde anunciou nesta terça-feira, 29, o Programa de Apoio à Produção e Registro de Medicamentos Genéricos.

O programa tem apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que disponibilizará recursos corrigidos pela TJLP (Taxa de Juros de Longo Prazo), em 9,25% ao ano, mais 1% ao ano para micros, pequenas e médias ou mais 2,5% ao ano para as grandes.

Esta é o chamado “spread básico”, acrescido de um “spread de risco” de até 2,5% ao ano.

Ao lado de Francisco Gros, presidente do BNDES, o ministro José Serra disse que operações acima de R$ 1 milhão já podem ser contratadas diretamente junto ao banco. “É um financiamento barato e nossa expectativa é que possamos ter mais fábricas de genéricos ou que as atuais ampliem suas instalações”, comentou Serra.

Empresas e laboratórios certificados e registrados no Ministério da Saúde, que realizam teste de biodisponibilidade, poderão candidatar-se ao financiamento. Os testes são uma exigência técnica do governo, pois estes comprovam a eficiência e qualidade dos medicamentos genéricos.

Além da expansão industrial, o programa financiará a fabricação do princípio ativo utilizado nos genéricos. Segundo o Ministério da Saúde, atualmente, cerca de 70% desta matéria-prima são importadas da Índia, China, Coréia do Sul e de Israel.

Copyright © 2001 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: