Publicidade

Notícias de saúde

Laboratório lança site para orientar diabéticos

São Paulo, 10 de Maio de 2001 (eHealthLA). Depois da revista De Bem Com a Vida, a Unidade Patient Care, do Laboratório Roche, está criando outro canal de comunicação com o diabético: o site Roche Diagnóstica (www.rochediagnostica.com.br). Nele, o diabético poderá se interar sobre as principais novidades e formas de tratamento da doença, participar de fóruns, tirar dúvidas e entrar em contato com especialistas e internautas.

Na seção “Convivendo com o Diabetes”, por exemplo, o usuário irá encontrar artigos e entrevistas com endocrinologistas, dicas de alimentação, receitas gastronômicas, monitorização da glicemia, opções de lazer e atividades esportivas. Outro destaque é o setor “Kids”, destinado a crianças, no qual elas podem brincar com o Jogo dos Sete Erros, Caça Palavras e assistir a vídeos. Há ainda seções com opções de produtos, pontos de venda e links para outros sites. Além disso, o internauta poderá fazer a assinatura gratuita da revista De Bem com a Vida, bastando preencher uma ficha cadastral.

Controle e prevenção

Segundo entrevista no site, do endocrinologista Prof. Dr. Bernardo Leo Wajchenberg, é necessário uma conscientização geral de que o diabetes precisa estar bem controlado sempre. “No mundo inteiro, um terço dos transplantes de rins são feitos nos portadores de diabetes. A grande causa de cegueira, mesmo, nos países civilizados ainda é devido à doença. E, 30% dos transplantes são feitos em pessoas com diabetes.

Como se vê, mesmo onde há mais recursos, se o diabético não seguir os cuidados necessários, lamentavelmente, terá seqüelas irreversíveis”, alerta Wajchenberg. Segundo o especialista, especificamente os insulinodependentes precisam medir a taxa de glicose no sangue mais de três vezes ao dia, e isso durante toda a sua vida. Para ele, a insulina foi a grande conquista, que revolucionou a qualidade de vida de quem tem diabetes.

Tratamento

Segundo o endocrinologista, o tratamento mais adequado para o portador de diabetes do tipo 1, são doses múltiplas de insulina, dieta e exercícios. No tipo 2, dieta e exercícios e nos primeiros anos comprimidos. “Se ele se mantiver bem pode ficar até 30 anos com comprimidos. Caso contrário, vai ter que aplicar insulina, com as drogas orais”, explica.

Copyright © 2001 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: