Publicidade

Notícias de saúde

Medicamento para Sepse está sendo avaliado pelo FDA

São Paulo, 27 de abril de 2001 (eHealthLA). Está sujeito à aprovação da Food and Drug Administration (FDA) – órgão regulador de remédios e alimentos nos Estados Unidos – o medicamento Zovant (drotrecogin alfa ativado), destinado ao tratamento de sepse grave, doença que mata uma pessoa a cada minuto no mundo. Síndrome caracterizada por uma resposta inflamatória generalizada com disfunção de órgãos e motivada por uma infecção, a sepse pode levar rapidamente à morte.

Segundo informou a indústria farmacêutica Eli Lilly, que desenvolveu o medicamento, nos últimos 20 anos, inúmeros compostos experimentais para tratar a doença foram testados sem êxito. Como a nova droga demonstrou, ao longo das pesquisas clínicas, poder salvar um número significativo de vidas, o Laboratório está buscando a rápida aprovação do FDA.

O presidente da Associação de Medicina Intensiva Brasileira, Cid Marcos David, acrescenta que “os trabalhos com a nova droga mostram que, atuando sobre o sistema de coagulação, pode haver melhora na inflamação e boa perspectiva de recuperação do paciente”.

A doença

Sepse ou septicemia é uma doença severa que ocorre em conseqüência de uma infecção bacteriana, quando as bactérias invadem a corrente sangüínea. Isso pode levar ao choque que é causado pela perda e diminuição de sangue circulando no corpo. A infecção pode começar em qualquer parte do corpo, mas usualmente é uma pneumonia - infecção dos pulmões, ou uma infecção urinária que leva a sepse.

Nas infecções graves e severas, a bactéria pode entrar na corrente sangüínea causando então, uma infecção generalizada. Quando isso acontece, são produzidas toxinas pela bactéria e que afetam os vasos sangüíneos. Isto causa uma queda severa da pressão arterial. Esse estágio da sepse é chamado de choque séptico, e é uma emergência médica que, se não tratada rapidamente, pode levar à morte.

Causas e riscos da infecção

As pessoas que apresentam um sistema imunitário deficiente são mais propensas a ter sepse, pois as defesas do corpo contra a infecção estão diminuídas, facilitando que as bactérias invadam a corrente sangüínea.

Isso inclui principalmente os portadores de infecção associada a eventos como pneumonia, traumatismo, cirurgias e queimaduras, ou, então, câncer e AIDS. Nem todas as infecções levam a sepse. A infecção precisa ser grave e/ou o indivíduo encontrar-se debilitado. A prevenção consiste em se tratar à infecção inicial para impedir a entrada da bactéria na corrente sangüínea.

Copyright © 2001 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: