Publicidade

Notícias de saúde

BRASIL: Rotary Começa Campanha Mundial Contra Poliomielite

São Paulo, 15 de março de 2001 (eHealthLA). Começa a última etapa da Campanha Mundial contra a Poliomielite, com o objetivo de erradicar a doença em todo o mundo até 2005. O anúncio foi feito pelo presidente do Rotary International, Frank Devlyn, que veio ao Brasil para incentivar doações de empresários.

O Rotary, maior parceiro da Fundação das Nações Unidas na campanha, pretende arrecadar US$ 200 milhões só no Brasil até o fim do ano. Países africanos e Índia ainda convivem com casos de pólio.

“As diversas campanhas contra a poliomielite representam um dos mais belos capítulos da medicina e sua aplicação continuada fará desaparecer esta doença.

Em 1994, o Brasil recebeu o certificado de erradicação da doença. Todos os indivíduos deverão tomar vacina polivalente, pois cada gota contém os três tipos de vírus juntos, que provocará a imunização permanentemente”, afirma.

A poliomielite ou paralisia infantil é uma doença causada por um vírus que é mais estável do que a maioria, sendo capaz de permanecer viável durante períodos prolongados, na água, no leite e em outros alimentos. “O vírus é altamente contagioso e é transmitido por contato fecal.

As outras vias possíveis de transmissão são a água, o leite e o alimento contaminado diretamente e por moscas”, explica O período de incubação chega a ser de 7 a 14 dias, e em caso de doença benigna, sem paralisia, de 3 a 5 dias.

Antes da disponibilidade das vacinas, esta era uma doença cosmopolita, observada em todos os continentes, sendo comuns epidemias nas zonas temperadas, com maior incidência no verão. Considera-se que a doença esteja erradicada em vários países, graças aos programas de vacinação.

Formas e Sintomas da Doença

Forma abortiva: Febre, anorexia, cefaléia, coriza, dor para engolir alimentos, náuseas, vômitos, diarréia e dor abdominal. Não deixa seqüelas.

Forma meningítica: Aos sintomas presentes na forma abortiva segue-se o aparecimento da síndrome meníngea (ou seja, sintomas das doenças que acometem a meninge - membrana que recobre o cérebro: febre, dor de cabeça, vômitos e rigidez da nuca), sem a presença de paralisias.

Nesses casos não se observam distúrbios da consciência e a evolução é benigna. Alguns casos podem evoluir para epilepsia.

Forma paralítica: A fase paralítica da doença dura de três a cinco dias e é representada por síndrome infecciosa semelhante à observada na forma abortiva. A febre tem duração e intensidade variável. Podem ocorrer convulsões, embora não sejam comuns em crianças com baixa idade.

Provoca paralisia principalmente nos membros inferiores, provocando atrofia dos músculos. Isso acontece rapidamente na fase aguda da doença e se instala definitivamente.

Copyright © 2001 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: