Publicidade

Notícias de saúde

Parar com Exercícios Pode Ser Ruim Para o Coração

NEW YORK, (Reuters Health) - Atletas mais velhos, altamente treinados, que desenvolvem uma afecção cardíaca denominada isquemia silenciosa após um intervalo de alguns meses sem exercícios podem estar sob o risco de problemas cardíacos futuros.

Porém os pesquisadores alertam que o estudo é muito pequeno para ser conclusivo e que os benefícios a longo prazo do exercício provavelmente sobrepujam quaisquer riscos.

Os Drs. Suraiya Begum e Leslie Ira Katzel, da University of Maryland School of Medicine and the Baltimore VA Medical Center, em Baltimore, Maryland, estudaram os efeitos de um intervalo de 3 meses nos exercícios em 10 atletas do sexo masculino. Os homens, atletas master principalmente com 50 ou 60 anos de idade, vinham se exercitando regularmente por uma média de 20 anos, de acordo com o relato no mês de Junho do Journal of the American Geriatrics Society. Após eles terem interrompido os exercícios, os homens começaram um programa de exercício de baixa carga durante 1 mês, seguido de um retorno ao treinamento vigoroso.

Antes dos homens interromperem os exercícios, todos os testes de função cardíaca eram normais. Mas após a parada de 3 meses, 3 dos homens desenvolveram isquemia silenciosa, uma redução no fluxo sanguíneo para o músculo cardíaco que não causa dor ou quaisquer outros sintomas, ao exercício. A isquemia induzida por exercício desapareceu em dois homens após eles reduzirem os exercícios por conta própria, mas ela continuou em um dos homens.

Os pesquisadores acompanharam os homens por 5 a 8 anos, e durante este tempo um dos homens com isquemia silenciosa teve morte cardíaca súbita, enquanto outro foi submetido à cirurgia cardíaca de "bypass" (ponte de safena). Nenhum destes homens que tiveram complicações cardíacas tinha quaisquer fatores de risco óbvios, como níveis de colesterol altos ou hipertensão arterial. Em contraste, nenhum dos homens que não desenvolveram isquemia silenciosa durante a interrupção dos exercícios teve problemas cardíacos posteriormente, de acordo com o estudo.

Porque os homens desenvolveram isquemia silenciosa após a interrupção dos exercícios é um mistério. Talvez anos de treinamento prévio tenham adiado a doença cardíaca, que poderia ter se desenvolvido se estes homens não tivessem se exercitado, de acordo com o estudo.

Devido ao pequeno tamanho do estudo, os achados são inconclusivos, mas a realização de um estudo maior será difícil, de acordo com os autores, já que atletas experientes são relutantes em parar com o programa de exercícios.

Fonte: Journal of the American Geriatrics Society 2000;48:647-650.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: