Publicidade

Notícias de saúde

Telefone Celular Poderá Monitorar Saúde no Futuro

LONDRES (Reuters) - No futuro, telefones celulares poderiam provar que podem salvar vidas em acidentes e desastres ao monitorar sinais vitais como a respiração, informou a revista New Scientist em sua última edição.

A Bell Labs, da Lucent Technologies de New Jersey, está planejando modificar os celulares com um circuito especial que possa captar os sinais vitais do dono do aparelho.

"Os engenheiros da Bell Labs, chefiados pelo casal Victor Lubecke e Olga Boric-Lubecke, perceberam que certas microondas transmitidas pela antena dos celulares são rebatidas para o aparelho a partir do peito, coração e pulmões da pessoa que está usando o aparelho", informou a revista semanal.

A radiação rebatida pelos pulmões enquanto eles se expandem aumenta a frequência, e a contração dos pulmões reduz a frequência.

"Estamos falando sobre sinais de frequência muito baixos, fáceis de distinguir da voz", disse Lubecke à revista.

O telefone também poderia ser usado para monitorar a frequência cardíaca e respiratória, disse o especialista. Para captar os sinais, o aparelho deve permanecer fixo por alguns segundos.

Mesmo que o telefone precise estar ligado, não precisa receber resposta, tornando ideal para verificações de pessoas presas em entulhos de terremotos ou inconscientes.

Os pesquisadores informaram que as redes de celulares precisarão ser modificadas porque tratam as interferências como ruídos indesejáveis, descartando a informação. É necessária uma mudança no software para reter e interpretar os sinais.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2001 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: