Publicidade

Notícias de saúde

BRASIL: Cientistas Descobrem a Relação Entre Obesidade e Diabete Tipo 2

São Paulo, 23 de Janeiro de 2001 (eHealthLA). A obesidade é um dos principais fatores de risco para o diabete do tipo 2, onde o indivíduo produz insulina mas seu organismo apresenta resistência a ela. Cientistas da Universidade da Pensilvânia conseguiram identificar um hormônio (batizado de resistina) que impede o trabalho da insulina. Sabe-se que ela é a responsável pela entrada do açúcar nas células.

Até agora, a relação entre a doença e o excesso de peso era desconhecida. "Não é exagero dizer que esse estudo é um grande achado e que vai ter um enorme impacto", explicou Allen Spiegel, diretor do Instituto Nacional de Diabete, nos Estados Unidos, órgão que financiou a pesquisa.

De acordo com o trabalho que foi publicado na revista Nature, a resistina é produzida pelas próprias células de gordura, o que explicaria a grande incidência do distúrbio nas pessoas com excesso de peso. Segundo José Antônio Marcondes, endocrinologista do Hospital das Clínicas de São Paulo, a descoberta é promissora. "Esta é uma grande descoberta que pode viabilizar o desenvolvimento de novas drogas para combater o mal", explica.

Experimento

Os pesquisadores encontraram o composto em ratos durante experiências de laboratório. Eles têm evidências de que esse hormônio também pode ser achado no homem. No experimento, os cientistas deram resistina a uma parte dos animais. Esse grupo não conseguiu processar o açúcar do sangue tão bem quanto os que não tomaram a mesma dose. Além disso, depois de receber uma droga para reduzir a quantidade de resistina no organismo, a capacidade dos ratinhos de utilizar insulina e metabolizar o açúcar aumentou.

Copyright © 2001 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: