Publicidade

Notícias de saúde

Grã-Bretanha Promete Investigar

17 de Janeiro de 2001 (Bibliomed). O governo britânico prometeu na terça-feira conduzir pesquisas urgentes sobre os coágulos sanguíneos causados por viagens de avião longas e deve obrigar as companhias aéreas a realizar mudanças, se necessário.

A ameaça de trombose em vôos, chamada de "síndrome da classe econômica" por causa dos assentos apertados dos aviões nessa seção, chegou às manchetes na Grã-Bretanha no ano passado, depois que uma jovem de 28 anos aparentemente saudável morreu na chegada de um vôo proveniente da Austrália.

O ministro dos Transportes, Chris Mullin, disse aos parlamentares britânicos que o governo "estava agindo no caso", trabalhando para estabelecer se há mesmo uma ligação definitiva entre os vôos e a síndrome.

O governo vai atuar junto ao setor na investigação da trombose venosa profunda (TVP) e vai tomar providências duras em relação às companhias aéreas, se necessário.

"Se for necessário, vamos regulamentar rigidamente, embora nossa preferência seja evitar a regulamentação, onde pudermos atingir os mesmo efeitos através de outros meios", disse Mullin.

Os temores quanto ao mal surgiram em todo o mundo, depois que várias mortes vieram à tona. Médicos britânicos, australianos e japoneses vêm relatando vários casos da síndrome, alguns fatais.

Várias companhias aéreas internacionais passaram a tomar providências educativas recentemente, orientando seus passageiros em folhetos distribuídos antes de viagens aéreas.

Copyright © 2001 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: