Publicidade

Notícias de saúde

BRASIL: Pesquisa Descobre Gene que Resiste ao Melanoma

São Paulo, 12 de Janeiro(eHealthLA). Pesquisadores dos Estados Unidos divulgaram esta semana uma evolução no tratamento do melanoma, a forma mais fatal de câncer de pele. O melanoma é um dos tipos de câncer mais agressivos, pois não responde às drogas usadas na quimioterapia e se espalha rapidamente para outras partes do corpo. Segundo o estudo, o responsável pela resistência do melanoma às drogas é um gene chamado Apaf-1, que deveria levar as células cancerosas à autodestruição num processo conhecido como apoptose.

Nos melanomas, esse gene é desligado e as células cancerosas, em vez de se destruírem, se reproduzem e causam tumores. Os pesquisadores verificaram que o Apaf-1 está inativo em grande parte dos melanomas metastáticos (que se espalha para outras partes do corpo) e essa pode ser uma das explicações para a resistência desse tumor à quimioterapia. "Podemos tentar encontrar drogas ou proteínas que funcionem como o Apaf-1", disseram os cientistas as agências internacionais.

Segundo a dermatologista Shilrei Schnaider Borelli, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), este é sem dúvida o mais agressivo dos tipos de câncer de pele. Estima-se, que nos EUA 32.000 pessoas desenvolvam este câncer anualmente e aproximadamente 6.800 morram. “O melanoma pode aparecer de uma hora para outra como uma pinta ou outras manchas escuras na pele. Por esta razão é muito importante conhecer as pintas do corpo para notar imediatamente qualquer mudança nelas. Como os outros dois tipos de câncer de pele, o melanoma é curável nos seus estágios iniciais, por isso a importância do auto-exame”, explica a médica.

A excessiva exposição solar é apontada como a causa mais provável para o aparecimento da lesão, especialmente em pessoas com pele mais clara. Mas a especialista alerta, “pele escura não é garantia de não aparecimento, pois a doença tem sido diagnosticada em pessoas de pele morena ou preta especialmente nas palmas das mãos, na sola do pé, sob as unhas ou na boca”, diz. A hereditariedade não deve ser afastada como tendência ao desenvolvimento do tumor.

Os sinais do Melanoma

· Assimetria - se imaginar uma linha divisória no meio da pinta e um lado é diferente do outro.

· Irregularidade da borda - a borda da pinta apresenta-se em formato irregular.

· Cor - o pigmento da pinta não é uniforme tem misturas de preto e marrom, variações de vermelho, branco e preto.

· Diâmetro - pintas maiores do que 6 milímetros (aproximadamente a circunferência de um lápis). Mas considere também qualquer crescimento da pinta.

Copyright © 2001 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: