Publicidade

Notícias de saúde

Brasil: Mulheres no Peso Ideal Têm Mais Chances de Engravidar

São Paulo, 26 de Dezembro de 2000(eHLA). Mulheres que pretendem engravidar devem ficar de olho na balança. Foi o que constatou uma pesquisa realizada no Departamento de Obstetrícia da Universidade de Adelaide, na Austrália. Cerca de 3.500 australianas que se submeteram a tratamentos de reprodução assistida entre 1987 e 1998 foram divididas em cinco grupos: abaixo do peso, peso moderado, acima do peso, obesas e muito obesas. A taxa de fertilidade das mulheres do segundo grupo, ou seja, aquelas que estavam em forma, foi 60% mais alta comparada com a do grupo das muito gordinhas. Entre as mulheres bem magras a fertilidade também foi menor.

Os pesquisadores acreditam que os dois extremos podem provocar distúrbios menstruais e inabilidade para a ovulação, interferindo na capacidade reprodutiva.

Peso na Gravidez

Segundo os especialistas, a maioria das mulheres necessita apenas 300 calorias a mais por dia após o primeiro trimestre de gravidez. “Nas primeiras 19 semanas, aconselha-se que a mulher não engorde mais de 4,5 quilos”, explica o endocrinologista Adolpho Milech, da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Depois disso, os médicos recomendam que a mulher de peso normal não ganhe mais de meio quilo por semana.

Após o nascimento do bebê, muitas mulheres têm dificuldade para perder os quilos extras. Assim, o exercício é fundamental, pois, além de combater o problema, ajuda no cansaço físico e nos altos e baixos emocionais. “Ficar ativa durante e depois da gravidez aumenta as chances de manter o metabolismo em dia e o apetite sob controle”, diz Milech.

Dieta da Gestante

O que a mulher come nos primeiros dias de gravidez tem um grande impacto na saúde de seu filho, informa a revista New Scientist. Os alimentos que ela ingerir poderão determinar se a criança terá, quando for adulto, diabete, pressão alta ou derrame. Isso acontece porque o embrião programa seu ritmo de acordo com seu ambiente. Se a grávida estiver desnutrida, por exemplo, ele crescerá de forma mais lenta e provavelmente terá um peso abaixo do normal. Após uma pesquisa com ratos, estudiosos da Universidade de Southampton sugeriram que a programação do embrião ocorre antes mesmo de ele se acomodar na parede do útero, ou seja, quatro ou cinco dias após a concepção.

Copyright © 2000 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: