Publicidade

Notícias de saúde

Brasil: Mesoterapia é Usada para Curar Tendinites

São Paulo, 11 de Dezembro de 2000(eHLA). A mesoterapia, técnica muito utilizada na medicina estética, normalmente no combate a celulite, está revolucionando o tratamento de inflamações dos tendões e de lesões nas articulações. A mesoterapia em traumatologia consiste em injetar medicamentos diretamente na área afetada, o que torna mais eficaz sua ação e oferece menor risco de efeitos colaterais. A técnica teve inicio na França em 1952 com o Dr. Michel Pistor e tem como objetivo usar a menor quantidade de medicamentos no local afetado.

Segundo Dr. Miguel Francischelli Neto, especialista em Medicina Estética e Cirurgia Vascular, a mesoterapia é apenas uma maneira de administração de medicamentos. “Se um medicamento é ministrado por via oral ou por injeção, circula pelo sistema vascular atingindo todos os órgãos”, explica o médico. “Se um paciente tem uma inflamação no joelho e recebe um antiinflamatório, a medicação vai se distribuir por todo o corpo, atingindo os pulmões, o fígado, o outro joelho, enfim todo o organismo, e só uma pequena parcela vai atingir o joelho doente. Com a mesoterapia, a dose do medicamento é calculada baseada na parcela do ponto que está doente. Assim, os possíveis efeitos colaterais são diminuídos”, acrescenta.

A mesoterapia em traumatologia é indicada para a maioria dos problemas articulares, inclusive artrose, bursite, tendinites de joelho e de cotovelo e lesões de menisco, etc. Segundo o ortopedista Leonardo Metsavaht, coordenador da pós-graduação em cirurgia do membro superior da Santa Casa de Misericórdia no Rio, o método serve para qualquer problema não cirúrgico. “Uma das vantagens da mesoterapia é não aplicar corticóides, substância que pode ser nociva à saúde. E as injeções praticamente não causam dor, porque são usadas agulhas descartáveis de quatro milímetros de comprimento”, explica. É também alternativa para pacientes hipertensos, diabéticos e portadores de úlcera ou de gastrite, que não podem usar comprimidos e tratamentos que causam efeitos colaterais em outros órgãos. Os bons resultados com o método estão relacionados à manutenção da alta concentração das drogas, por um período maior.

Copyright © 2000 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: