Publicidade

Notícias de saúde

Brasil: Os Números do Tabagismo no Brasil

São Paulo, 05 de Dezembro de 2000(eHLA). Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), a legião de fumantes no Brasil soma 30,6 milhões, sendo que três milhões têm entre 5 e 19 anos. Estimativas da Organização Mundial de Saúde (OMS), dizem que são 80 mil mortes por ano decorrentes do cigarro. Estudo do Inca mostrou que 30% dos fumantes morrem de câncer. O fumo é associado a 90% dos casos de câncer de pulmão. Segundo o psiquiatra Cyro Masci, membro da American Academy of Experts in Traumatic Stress, se forem somadas todas as mortes por acidentes de trânsito, uso do álcool, homicídios, uso de drogas ilegais e suicídios, mesmo assim o cigarro mata mais que todas essas causas associadas. “A nicotina provoca dependência química fortíssima, não desaparece espontaneamente, mas o tratamento é absolutamente possível e viável. O importante é que tenha um acompanhamento com um profissional habilitado”, explica. Segundo o especialista, o truque é combinar as medidas mais eficazes ao mesmo tempo em que se procura ativamente reduzir fatores ambientais que possam estimular o consumo. “Os resultados invariavelmente compensam”, conclui.

Ação Contra o Fumo nas Empresas

Diante desta realidade, o controle do tabagismo se tornou uma das metas do Inca, órgão do Ministério da Saúde responsável pelo controle do câncer no país. Em 1996, o órgão foi designado pela OMS como Centro de Referência para o Controle de Tabagismo nos países de línguas portuguesa e espanhola da América Latina, África, Ásia e Europa. Um das iniciativas do INCA chama-se “Ambiente livre de cigarro”. No programa, é recomendado para as empresas que criem políticas de controle do tabagismo e ofereçam apoio a estas iniciativas. “Várias empresas já desenvolvem ações contra o fumo. Existe no Brasil uma portaria interministerial, que apóia e estimula as empresas a expandirem as suas ações contra o fumo no local de trabalho”, explica Luísa Goldfarb, coordenadora dos programas de prevenção do tabagismo do Inca. A estratégia básica é firmar parcerias com equipes de saúde ocupacional, realizar ações para a promoção da saúde, dar apoio ao fumante que deseja parar e prevenir a abstinência. “O Inca já cadastrou 1.106 empresas de todo o país”, diz.

Copyright © 2000 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: