Publicidade

Notícias de saúde

Gasto com Doença Ligada ao Álcool Chega a US$ 184 bi nos EUA

NOVA YORK (Reuters Health) - A dependência de álcool e o alcoolismo ainda são uma ameaça à vida e à produtividade de milhões de norte-americanos, segundo relatório do governo federal divulgado em Washington.

As doenças e o prejuízo relacionados ao álcool acarretam "um tributo pessoal, social e econômico do povo norte-americano que se estima em 100 mil vidas e 184,6 bilhões de dólares anualmente", informou Ruth Kirschtein, diretora em exercício do Instituto Nacional de Saúde (NIH, sigla para National Institute of Health), no prefácio do relatório.

O documento tem 492 páginas que revelam descobertas de pesquisas sobre o uso e dependência de álcool, sendo o primeiro divulgado desde 1997.

"Violência doméstica, abuso infantil, incêndios e outros acidentes, quedas, estupros e crimes contra indivíduos como roubo e assalto estão todos associados ao uso do álcool", declarou a secretária de Saúde, Donna Shalala, na sua apresentação do relatório.

"O abuso do álcool também está relacionado a doenças como câncer, problemas hepáticos e cardíacos." O relatório enfatizou os avanços na compreensão das influências genéticas do alcoolismo.

Cientistas têm identificado genes específicos que parecem estar envolvidos na suscetibilidade à doença, assim como um gene que parece oferecer proteção contra o problema.

A pesquisa também está ajudando os cientistas a entender como o prejuízo ao sistema imune contribui para a lesão hepática, encontrada com frequência nos alcoólatras e sobre os vínculos entre o consumo excessivo de álcool e o câncer.

Por exemplo, os autores do relatório observaram que há "uma evidência substancial de que o risco de câncer de mama é elevado em mulheres que consomem altos níveis de álcool (mais de três drinques por dia) comparadas às abstêmias".

Mais importante, talvez, sejam os esforços dirigidos a prevenir a dependência de álcool. Esforços para evitar que os jovens comecem a beber, assim como programas para limitar a disponibilidade de álcool para menores de idade têm tido sucesso comprovado, conforme especialistas do NIH.

O documento também oferece um resumo dos tratamentos psicológicos e medicamentosos para o alcoolismo, assim como iniciativas para inibir a prática de dirigir bêbado.

Produzido pelo Instituto Nacional sobre Alcoolismo e Abuso de Álcool (NIAAA, sigla para National Institute on Alcoholism and Alcohol Abuse), que faz parte do NIH, o relatório completo está disponível no site do NIAA: http://www.niaa.nih.gov.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: