Publicidade

Notícias de saúde

Príncipe Charles Defende Pesquisa Sobre Medicina Alternativa

LONDRES (Reuters) - O príncipe Charles fez um apelo para que o governo britânico invista 10 milhões de libras (14,2 milhões de dólares) no financiamento de um programa de pesquisa de cinco anos sobre os efeitos da medicina alternativa, informou o jornal Times na quarta-feira.

Charles, que há muito tempo defende a medicina alternativa, teve um encontro de 90 minutos com o ministro da Saúde, Alan Milburn, sobre a verba para a Fundação da Medicina Integrada, fundada pelo príncipe em 1996, disse o jornal.

"É fundamental que o governo financie esta iniciativa", disse ao Times Michael Fox, chefe-executivo da fundação.

"Sem evidências que mostrem que a medicina alternativa funciona, o Serviço Nacional de Saúde não será persuadido a torná-la disponível", disse ele.

A fundação quer pesquisar várias formas de tratamento, como a acupuntura.

"O príncipe Charles está na dianteira da campanha pela medicina integrada. Será uma boa notícia se mais dinheiro for investido", disse uma porta-voz de Charles.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: