Publicidade

Notícias de saúde

Internautas dos EUA Querem mais Informações Médicas Online

WASHINGTON (Reuters) - Internautas norte-americanos buscam mais informações online médicas do que resultados de esportes, cotações de ações ou barganhas nas compras online, disse um grupo que estuda como a Internet afeta a vida das pessoas no domingo.

A pesquisa "ilustra talvez o mais profundo e drástico impacto que a Internet está tendo nos norte-americanos", disse o diretor do "The Pew Internet and American Life Project", Lee Rainie.

"Em uma era quando o tempo em que o paciente fica com o médico em uma consulta caiu para uma média de 15 minutos, muitos estão recorrendo à Web para obter a informação que necessitam", ele acrescenta.

Muitas das pessoas procurando material de saúde online o fazem ao menos uma vez por mês. Muitos buscam auxílio para lutar contra uma doença específica, que os aflige ou a alguém que conhecem, disse a pesquisa, baseada em entrevistas com mais de 12 mil pessoas.

Cerca de 55 por cento de todos os usuários de Internet disseram já ter procurado informações de saúde. Isso coloca o item no páreo com outras atividades, como compras online, feitas por 47 por cento dos usuários, disse a pesquisa.

Cerca de 41 por cento das pessoas entrevistadas disseram que o material encontrado em sua mais recente busca online afetava decisões sobre se deveriam ir a um médico, como tratar de uma doença ou como fazer perguntas a um médico.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: