Publicidade

Notícias de saúde

Suplementos para Homens Podem Prejudicar Coração

NOVA YORK (Reuters Health) - Dois ingredientes comuns de suplementos dietéticos para ajudar os homens a ganhar músculos aumentam os fatores de risco de doença cardíaca, mas não a massa muscular, informaram pesquisadores na segunda-feira.

Os suplementos que contêm androstenediol e androstenediona são matérias-primas constituintes da testosterona, um hormônio masculino. Os fabricantes dizem que os suplementos aumentam os níveis de testosterona e oferecem benefícios, como ajudar a aumentar os músculos.

Estudos anteriores não endossavam esse argumento e a equipe de Craig Broeder, da Universidade do Leste do Estado do Tennessee, em Johnson City, testou os efeitos dos hormônios em 50 homens entre 35 e 65 anos de idade durante 12 semanas de treinamento. Alguns homens receberam androstenediol, alguns receberam androstenediona e alguns não receberam suplementos. Nem o androstenediol nem a androstenediona tiveram qualquer efeito nos níveis sanguíneos de testosterona, informou o estudo. Entretanto, ambos aumentaram significativamente os níveis sanguíneos de hormônios femininos.

Os homens que receberam os suplementos tiveram aumento significativo na força total durante o período de treinamento, mas o mesmo aumento foi verificado em homens que fizeram exercício e não tomaram o suplemento dietético. Não houve diferenças no tempo de ginástica ou na quantidade de peso perdida durante a ginástica.

Houve mudanças significativas no perfil de risco para doença cardíaca medida pela alteração nos níveis de colesterol LDL (ruim) e HDL (bom). Enquanto o grupo que não foi tratado teve uma melhora de 12,3 por cento na medida do risco, o grupo que tomou os suplementos aumentou o risco entre 5,2 e 10,5 por cento.

"Na nossa opinião, até que mais pesquisas esclareçam as funções e os fatores de riscos potenciais dos precursores orais de testosterona, o uso não monitorado dessas substâncias não é recomendado", concluíram os autores.

Para quem não seguir essa recomendação, os pesquisadores indicam acompanhamento regular do nível de hormônio e dos fatores de risco cardíaco.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: